Inteligência artificial facilita a personalização

A inteligência artificial está colaborando na definição das estratégias e na melhoria dos resultados dos programas de fidelidade. Tecnologias para processamento de quantidades maciças de dados (big data), análises aprofundadas (analytics) e que permitem às máquinas aprenderem sozinhas com os dados processados (machine learning) sustentam campanhas mais assertivas e individualizadas, com impacto em vendas e satisfação dos clientes.

Uma das especialistas na área é a startup Propz. A empresa de inteligência analítica focada em varejo de alta frequência usa algoritmos de inteligência artificial e aprendizado de máquina para analisar dados de consumo dos clientes, definir campanhas e avaliar o retorno.

A empresa foi fundada por dois brasileiros em 2012, quando passou por aceleração em um programa governamental no Chile. Em 2014 começou a desenvolver uma plataforma de relacionamento (CRM) para o varejo, apoiada em analytics. Hoje está sediada no Brasil e tem presença no Chile, no Peru, na Rússia e nos Estados Unidos.

A Startup ajuda a coletar de dados de diferentes fontes, sistemas e formatos, com estrutura de big data e algoritmos de inteligência para segmentação. Também colabora para definir o valor de cada cliente ou grupo (cluster) e das alavancas promocionais mais adequadas para cada um,além de fornecer sistemas como o de gestão de campanha, com personalização automatizada, e de medição dos resultados, a partir de dados coletados diretamente dos cupons fiscais nos caixas do varejo físico.

A ideia é ajudar o varejista a entender, por exemplo, para quem é melhor oferecer descontos, pontos, retorno em dinheiro ou serviços diferenciados. “Cada cliente se engaja em uma proposta. A inteligência analítica ajuda a determinar a contribuição de cada um no faturamento”, diz o sócio Israel Nacaxe. Hoje a Propz processa mais de 90 milhões de CPF. Em sua plataforma são transacionados mais de R$ 20 bilhões por ano e a receita incremental média resultante das ativações é de 4%, contabiliza Israel. Na lista de clientes estão Drogasil, Bradesco, Dotz, Ipiranga, Ikesaki e Hortifrúti. A Ipiranga também é usuária da Propz. “Com a implantação do analytics, podemos tratar cada participante como único, por meio da segmentação inteligente”, diz o diretor de varejo Jeronimo Santos.

Leia mais em : https://www.valor.com.br/empresas/5691411/inteligencia-artificial-facilita-personalizacao
Texto escrito por Martha Funke- Valor Econômico

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer se juntar a discussão?
Sinta-se à vontade para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *