vendas de fim de ano

Vendas de fim de ano: prepare-se para vender mais!

O Natal continua sendo a principal data de vendas de fim de ano; esteja atento a esses pontos e aumente seu faturamento

Não é porque a Black Friday já passou que as vendas de fim de ano já estão resolvidas para o varejo. A temporada de Natal continua sendo uma grande oportunidade de vendas, tanto para o varejo online quanto no mundo físico (onde ainda é a principal data do comércio brasileiro). A participação do Natal nas vendas do varejo varia dependendo do segmento, mas costuma fazer de dezembro o mês mais importante do ano.

Ainda dá tempo de fazer correções de rota para aproveitar bem os últimos dias de 2019 e impulsionar suas vendas de fim de ano. Para isso, fique atento aos seguintes pontos:

Tenha uma equipe de vendas muito bem treinada

Varejo é um negócio de pessoas. Por isso, a preparação de sua equipe é fundamental para impulsionar suas vendas de fim de ano. Os vendedores precisam estar preparados para lidar com o aumento da demanda nessa época, em que os consumidores estão muito mais dispostos a gastar.

É preciso treinar os vendedores. A capacitação reduz a rotatividade da equipe, faz os colaboradores crescerem profissionalmente, padroniza o atendimento aos clientes, otimiza as oportunidades de vendas e gera boas experiências de compra para os clientes. Por tudo isso, contar com profissionais bem preparados aumenta as vendas de fim de ano.

De treinamentos presenciais a opções em EAD, é possível treinar os aspectos mais importantes da gestão e das técnicas de vendas. Isso gerará melhores resultados para sua loja.

Dê muita atenção aos produtos

Varejo hoje é experiência, mas o que tangibiliza a experiência no varejo é a venda de produtos. Por isso, é importante estar atento às tendências e modas do momento. Isso vale desde produtos com forte apelo fashion, como no caso de vestuário (roupas brancas para o Réveillon, por exemplo), ou mesmo para categorias como alimentos (panetones, uvas passas) ou medicamentos (protetores solares e hidratantes).

Não basta ter o produto certo na hora certa. Para impulsionar suas vendas de fim de ano, cuide da apresentação dos produtos na loja. A vitrine e o visual merchandising são ferramentas poderosas para conquistar os consumidores, tanto no ambiente físico quanto no online. Uma boa apresentação atrai mais clientes, comunica mais rapidamente seu posicionamento de mercado e aumenta as vendas.

Cuide da gestão dos estoques

Não existe nada mais frustrante para o cliente do que ir até uma loja para comprar um presente de Natal e descobrir que o item não está disponível. Além de perder a venda, provavelmente sua loja irá perder o cliente. Em uma época como o Natal, não existe tempo para fazer correções de rota: um produto pouco estocado irá acabar antes da hora e não haverá como fazer a reposição antes do Papai Noel chegar.

A solução é tecnológica: sistemas de gestão que utilizam o histórico de vendas e estimam quantas unidades de cada SKU a loja vai precisar. Pode ser possível fazer o controle manual de um item ou outro, mas é impossível gerenciar milhares de itens sem um forte apoio de tecnologia. Além disso, o uso de tecnologia permite integrar os estoques das lojas online e offline com os Centros de Distribuição e obter uma visão única de todos os produtos existentes na empresa. Isso facilita muito a gestão em um ambiente omnichannel.

Facilite o checkout

Um aspecto importante para as vendas de fim de ano é a possibilidade de economizar o tempo do consumidor. Durante todo o ano esse é um aspecto importante, mas às vésperas do Natal se torna crítico para o sucesso de uma operação de varejo. Facilitar o checkout do cliente diminui as filas, aumenta a satisfação dos clientes e traz mais produtividade para o PDV. Para facilitar o checkout existem inúmeras soluções tecnológicas, incluindo terminais PDV mais rápidos, aplicativos de pagamento, carteiras digitais, equipamentos “papa-fila” e terminais de autoatendimento. Vale a pena explorar essas e outras possibilidades para fazer o cliente economizar tempo.

Explore o potencial do seu programa de fidelidade

Um cliente novo custa cinco a sete vezes mais que um cliente que volta para fazer uma nova compra. Por isso, investir em um programa de fidelidade é uma opção inteligente para conhecer melhor o consumidor e ser mais assertivo nas ofertas, promoções e ações de comunicação. Os programas de fidelidade estão passando por grandes mudanças por causa do comportamento dos consumidores e seu uso gera grandes quantidades de dados que podem ser utilizados pelo varejo para entregar melhores soluções e experiências para os clientes.

Utilize bem a comunicação digital

As redes sociais são uma ferramenta importante para impulsionar suas vendas de fim de ano, seja de forma orgânica (pelos posts convencionais), seja por meio de publicidade. A possibilidade de segmentação das ações nas ferramentas digitais gera ganhos importantes, como a possibilidade de entregar uma comunicação mais dirigida e dentro do contexto do cliente. Um bom exemplo são as buscas geolocalizadas no Google: no fim de ano, em que o consumidor muitas vezes acaba fazendo suas compras por impulso, ter destaque no mecanismo de busca na hora em que o cliente busca a loja mais próxima é uma forma certeira de impactar positivamente seu público.

Enxergar as ferramentas digitais como mídia não é a única possibilidade. Muitas marcas de varejo têm feito ações muito interessantes, seja nos Stories do Instagram, nos boards do Pinterest, no Twitter, nos canais próprios do YouTube ou no Facebook. O que importa é entender o contexto da ação, o comportamento do cliente e a força de sua marca e de possíveis parceiros.

Existem vários caminhos para impulsionar suas vendas de fim de ano. O varejo é um sistema complexo e que interage com os consumidores de diversas formas. Analise como o cliente se relaciona com sua marca, quais caminhos ele usa para chegar até você e finalizar a compra e avalie como melhorar essa jornada. Facilitar a vida do cliente é uma forma certeira de melhorar seus resultados.

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer se juntar a discussão?
Sinta-se à vontade para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *